Sidebar

19
Sex., Jul.

Universidade Sénior de Tomar

Outras
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A Universidade Sénior de Tomar (UST) iniciou a sua atividade a 17 de Maio de 2007, nas salas do Cine Teatro, a que, na altura, denominaram Fase Experimental, com 98 alunos inscritos e quatro Turmas, distribuídos por cinco disciplinas teóricas e quatro práticas, ministradas por 15 professores voluntários, a saber: Literatura Portuguesa, Inglês, Antropologia, Saúde, Informática, Desporto, Artes Decorativas, Pintura, Bordados, e Tapeçarias Tradicionais. Logo no ano letivo seguinte, a UST começou a funcionar na Casa dos Cubos. A Universidade Sénior de Tomar surge pela iniciativa de uma professora jubilada, Graciela Medeiros, que, apresentando um projeto à autarquia, foi desafiando colegas e amigos, até que, a vereadora do então executivo, Rosário Simões, apresentou o mesmo ao executivo municipal, que logo deu luz verde à sua execução, ficando sempre sob a égide da Câmara Municipal de Tomar. Desde então, todos os executivos apoiaram e acarinharam a Universidade Sénior, reconhecendo a sua importância no seio da comunidade local, o que tem contribuído muito para o desenvolvimento e engrandecimento da mesma.

O Projeto prosseguiu, ano após ano, com mais disciplinas, mais alunos, mais atividades, transformando-se, cada vez mais, num espaço de aprendizagem, de convívio, de socialização e de partilha de experiências e afetos. Grandes amizades aqui nascem todos os anos, aqui se ultrapassa a solidão, aqui se sonha! Só assim conseguimos cimentar o presente e construir o futuro. Nos dias de hoje, a UST está sediada no antigo Colégio Nuno Álvares, mas, dado o grande leque de disciplinas e número de alunos existentes nestes últimos anos, a Câmara Municipal de Tomar disponibilizou o Auditório da Biblioteca de Tomar, duas tardes por semana, e o espaço de informática também existente aqui, além da Piscina Municipal para as atividades Aquáticas.

No presente ano letivo, a UST conta com 30 disciplinas, ministradas por 30 professores voluntários, e 320 alunos. As disciplinas aqui ministradas são variadas, indo desde as ligadas ao conhecimento até às práticas, passando pelas ligadas ao viver com saúde e movimento. Conta ainda com um protocolo com os médicos da Unidade de Saúde da Nabância que, mensalmente, abordam temáticas relacionadas com a idade sénior, bem como outras palestras pontuais, com diversas entidades, também elas ligadas à saúde, Natureza e bem-estar.

A par das aulas, fazem-se Visitas de Estudo, quer à cidade, quer a outros locais do País, sempre com o objetivo do enriquecimento pessoal e de convívio, visitas estas ligadas às disciplinas e respetivos conteúdos, com transporte disponibilizado pela CMT. Todas estas atividades são promovidas e coordenadas por uma Comissão Coordenadora constituída por uma Coordenadora, uma Subcoordenadora, uma Comissão de Alunos, e uma Administrativa efetiva (funcionária da Câmara) e outros elementos de apoio à organização administrativa. Esta Comissão está em permanente ligação com o Departamento de Educação da CMT, e com a Vereadora que possui esta estrutura num dos seus pelouros. Bem Hajam todos os que ensinando, aprendendo, convivendo, vão permitindo o engrandecimento deste nicho de amizade, desta escola a que ouvimos muitas vezes chamar- ESCOLA DE AFETOS!

A coordenadora

 Maria do Rosário Corvelo de Sousa

Artigo disponível na edição nr 17 (Jan / 2024) do Boletim "O Tomarense".